Endereço

Rua Coronel Bordini, 414

Horários

Atendimento: 8:30 às 18:30
Agendamento: 8:15 às 19:00

Telefones

51 3337.0505 / ​3357.0500

Endereço

Rua Coronel Bordini, 414

Horário Atendimento

8:00 às 19:00

Telefones

51 3337.0505 / ​3357.0500

Ressecamento dos olhos: como evitar?

RESSECAMENTO DOS OLHOS: COMO EVITAR?

No dia a dia de consultório, é muito comum recebermos pacientes com queixas de ardência nos olhos. Em muitos casos, esses sintomas têm relação com um quadro de ressecamento ocular. Diversas razões podem causar a condição de olho seco, desde anormalidades nas pálpebras, até fatores externos, como tempo seco.   

A lágrima é responsável por produzir a lubrificação natural dos olhos. Em caso de ausência ou deficiência de algum componente dela, pode causar vermelhidão e coceira, podendo resultar em um agravamento com a sensação de grão de areia nos olhos, sensibilidade à luz e turvação da visão. 

Além da falta de lubrificação, alguns outros fatores podem causar ressecamento nos olhos, como idade e menopausa, uso de computador de uma forma contínua, ar-condicionado, uso de lentes de contato e alguns medicamentos (diuréticos, antidepressivos, analgésicos e outros). O frio é outra condição que pode causar agravamento na secura ocular, visto que, quando o ar está frio, a umidade costuma ser mais baixa, podendo levar a uma evaporação mais rápida da camada úmida das lágrimas. Ainda, durante os meses mais frios, é comum passarmos mais tempo em ambientes aquecidos por sistemas artificiais que também podem reduzir a umidade do ar.  

As baixas temperaturas, combinadas com o uso prolongado das telas, podem ter um impacto ainda maior para os olhos, causando, além do ressecamento, fadiga ocular, aumento de sensibilidade à luz, distúrbios do sono e dificuldade de foco.  

Felizmente, podemos contar com diversos tratamentos para o ressecamento dos olhos, dependendo de sua causa e gravidade. Pisque sempre e dê uma pausa sempre que possível para descansar os olhos; evite iluminação em excesso; beba bastante água; use um umidificador de ambiente; e, em caso de usar lentes de contato, cuide sempre da higiene.  

Caso faça uso excessivo de telas, adote algumas atitudes para melhorar sua saúde: a cada 20 minutos, desvie o olhar da tela e olhe para um objeto por cerca de 20 segundos; mantenha a postura e ajuste a altura e ângulo da tela de forma que reduzam o esforço visual; e evite o uso de dispositivos eletrônicos antes de dormir. 

No entanto, mesmo seguindo as dicas, não deixe de consultar um oftalmologista regularmente e manter os exames em dia. Só um especialista pode prevenir problemas oculares mais graves e garantir qualidade de visão ao longo da vida.

 

Dra. Luciana Costa Gama

Oftalmologista

Gostou deste post?

Compartilhe nas suas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn

Quer saber mais?

Agende uma consulta conosco

Veja também

Um alerta para as doenças oculares! 

Os cinco sentidos desempenham um papel crucial em nossa vida. Através da visão, por exemplo, percebemos o mundo ao nosso redor, realizamos as tarefas diárias e desfrutamos de experiências. Por isso, cuidar da saúde ocular é tão importante quanto a atenção despendida a outros órgãos ou partes do corpo.

CONTINUAR LENDO

Férias com saúde e autocuidado

Final de ano e o período de férias é o momento em que buscamos relaxar, passear, aproveitar com a família e amigos. Por vezes, aproveitamos este tempo para fazer coisas que não conseguimos durante o ano, por conta da rotina corrida, como uma reforma em nossa casa, o ajuste de pequenos reparos, colocar a organização em dia, etc. E este também é um ótimo período para darmos a nossa saúde a atenção necessária, que por vezes, acaba ficando em segundo plano.

CONTINUAR LENDO